PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Alecrim é erva antioxidante: veja alguns benefícios e contraindicações

Bella Falconi

06/03/2020 04h00

Crédito: iStock

O alecrim é uma erva originária da região do Mediterrâneo, considerada uma das mais completas quando temos em conta os seus benefícios à saúde, que vão combate a depressão e a hipertensão até melhorias do cognitivo. Por esse motivo, essa erva vem sendo alvo de diversos estudos ao longo de muitos anos e é uma velha conhecida da sabedoria popular e na cultura indígena.

Apesar disso, muitos ainda não conhecem ou não desfrutam dos benefícios incríveis de adicionar esta erva na dieta, que é fácil de ser encontrada em feiras e tem custo acessível. Inclusive, o alecrim muitas vezes nasce sem sequer ser cultivado, como diz a canção popular ("alecrim, alecrim dourado que nasceu no campo e não foi semeado") é também chamada de erva da alegria, isto porque os seus óleos essenciais favorecem a produção de neurotransmissores que promovem a sensação de bem estar.

Mas não é apenas para a saúde física e mental que o alecrim pode ser usado. A erva também é apreciada como aromatizante de ambientes, e na gastronomia tem sido empregada em diversas culturas para realçar os sabores de alimentos carnes, legumes, molhos e pães.

Seja como chá, tintura ou óleo essencial, tudo no alecrim pode ser aproveitado para benefício da sua saúde e para o seu bem estar. Separei alguns dos benefícios do alecrim entre os muitos existentes. Confira:

1. Combate a hipertensão

O alecrim possui propriedades que ajudam a melhorar a circulação sanguínea, deste modo ajuda a diminuir a pressão arterial. A erva está entre as plantas mais relatadas na literatura científica com potencial anti-hipertensivo, apresentando diferentes ações.

A propriedade anti-hipertensiva das plantas baseia-se na produção de metabólitos secundários que atuam sobre diferentes mecanismos, promovendo a diminuição da pressão arterial. Nesse contexto, são várias as plantas com propriedades medicinais que são utilizadas para tratar a hipertensão arterial. Em trabalho realizado por Oliveira e Araújo (2007), idosos relataram usar plantas para a prevenção da elevação da pressão arterial ou para a redução de valores pressóricos já elevados.

2. Anti-caspa e antiqueda

O óleo essencial de alecrim aplicado no couro cabeludo é usado na medicina popular para combater queda capilar e a caspa, e também tem demonstrado esta mesma eficácia em testes de laboratório.

O ácido carnósico, contido no alecrim, atuou como principio ativo para curar danos do tecido e do nervo, segundo apontado em um estudo . Essa mesma capacidade de curar as terminações nervosas também pode rejuvenescer os nervos do couro cabeludo, possivelmente restaurando o crescimento do cabelo.

Uma versão de teste de 2015 publicado na Biblioteca de Medicina e Saude dos EUA e na revista PubMed colocou o óleo essencial contra o minoxidil, comercialmente conhecido como Rogaine. Ambos foram utilizados em seres humanos com alopecia (calvície masculina ou feminina ). Os resultados mostraram que o óleo essencial de alecrim era tão eficaz quanto o minoxidil.

3. Poderoso antioxidante

Rico em Ácido ascórbico, que age contra gripes, o Alecrim é considerado um antioxidante, beneficiando o corpo com saúde e manutenção da juventude. De fato, a União Europeia aprovou o extrato de alecrim (E392) como um antioxidante natural seguro e eficaz para a preservação de alimentos.

4. Estudos apontam que ele pode combater a depressão

Em estudos realizados na Universidade Federal de Santa Catarina, camundongos foram submetidos a uma situação de estresse e depois observou-se qual era o efeito do extrato do alecrim sobre as cobaias. Em seguida os pesquisadores compararam o efeito com a administração de fluoxetina, que é um antidepressivo. Os resultados obtidos com o alecrim foram semelhantes aos apresentados com o uso do medicamento.

Contraindicações

O chá ou tintura deve ser evitado na gravidez ou lactação, menores de 12 anos, prostáticos e pessoas com diarreia. A ingestão de doses elevadas provoca irritações gastrointestinais e nefrite. A essência de alecrim pode ser irritante para pele.

Referências
II Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde – PLANTAS MEDICINAIS UTILIZADAS NO TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL
Pubmed: Rosemary oil vs minoxidil 2% for the treatment of androgenetic alopecia: a randomized comparative trial (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25842469)
Edaravone and carnosic acid synergistically enhance the expression of nerve growth factor in human astrocytes under hypoxia/reoxygenation (https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0168010211000022)
Rosmarinus officinalis L. (rosemary) as therapeutic and prophylactic agent (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6325740)
Free radicals, antioxidants in disease and health (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23675073)
Food Standards Agency. Current EU approved additives and their E Numbers. Food Standards Agency. 2016. (www.food.gov.uk/science/additives/enumberlist)

Sobre o autor

Bella Falconi é bacharel em nutrição e mestre em nutrição aplicada pela Northeastern University, nos Estados Unidos. Atualmente É pós-graduanda em Teologia e pioneira do movimento saudável nas redes sociais. Bella também é ex-atleta fitness e ministra palestras motivacionais em vários lugares do mundo, principalmente no Brasil.

Sobre o blog

Dicas e artigos sobre saúde e bem-estar, com foco no equilíbrio e nas realizações pessoais. A ideia central do blog é motivar e também desmistificar diversos assuntos sobre alimentação saudável.

Blog da Bella Falconi