Topo
Blog da Bella Falconi

Blog da Bella Falconi

Categorias

Histórico

5 benefícios do consumo da carne de frango para a sua saúde

Bella Falconi

02/08/2019 04h00

Crédito: iStock

O frango é um dos tipos mais comum de ave. Além de no Brasil a carne de frango ser vendida a um preço mais barato que a carne bovina e alguns peixes, devido à produção em grande escala, é saudável e tem um alto valor nutritivo. De acordo com o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), 100 g de frango contém:

  • Calorias: 215 kcal;
  • Proteínas: 18 g;
  • Gorduras: 15 g;
  • Gordura saturada: 4 g;
  • Colesterol: 75 mg;
  • Cálcio: 11 mg;
  • Ferro: 0,9 mg;
  • Magnésio: 20 mg;
  • Fósforo: 147 mg;
  • Potássio: 189 mg;
  • Sódio: 70 mg;
  • Zinco 1,3 mg.

Em termos de vitaminas, contém vitamina C, tiamina, riboflavina, niacina, vitamina B6, ácido fólico, vitamina B12 e vitaminas A, E, D e K.

Além disto, as mais recentes pesquisas apontam que a carne de frango fornece mais benefícios nutricionais do que muitas pessoas acreditam. Em primeiro lugar, é rico em proteínas e fornece uma boa variedade de vitaminas e minerais. A carne de frango também contém vários compostos bioativos, incluindo anserina, carnosina e creatina. Confira 8 benefícios do consumo de carne de frango para a sua saúde:

1. Frango é uma fonte de creatina

A creatina é um composto que o corpo humano produz naturalmente a partir de três aminoácidos; arginina, glicina e metionina. No entanto, também podemos obter creatina a partir de vários alimentos e suplementos.

A depender do corte, o frango chega a oferece entre 300 e 500 mg de creatina por 100 gramas. Essa quantidade é semelhante aos níveis de creatina encontrados na carne vermelha. Também podemos encontrar cerca de 850 mg de creatina por porção de 200 gramas de peito de frango sem pele.

Pesquisas demonstram que a creatina pode melhorar o desempenho físico, a recuperação, a força e a resistência.

2. Frango é rico em proteínas

Embora alimentos como bacon e carne gordurosa sejam deliciosos, eles não podem competir com o frango pela densidade proteica. 100 gramas de peito de frango fornecem mais de 18 gramas de proteína para apenas 215 calorias e com muito menos gorduras totais.

Como o frango oferece uma fonte tão concentrada de proteína, é uma excelente adição dietética para quem quer aumentar sua ingestão de proteínas sem consumir grandes quantidades de calorias extras.

Obter proteína dietética suficiente é importante por várias razões, e entre suas muitas outras funções, a proteína ajuda com construção / manutenção de massa muscular, crescimento e reparação dos tecidos do corpo e aumento da saciedade.

3. Fonte de vitaminas B

Essas vitaminas do complexo B têm numerosos papéis vitais no corpo humano e desempenham um papel crucial no metabolismo energético e na saúde do cérebro. A carne de frango contém uma grande quantidade de vitamina B3 (niacina), oferecendo 56% da Ingestão diária recomendada por 100 gramas.

O corpo humano precisa de vitamina B3 para centenas de reações enzimáticas. Mesmo que o frango não tenha tanta concentração de vitaminas do complexo B como a carne vermelha, ainda é uma boa fonte destas.

4. Rica em selênio

O mineral mais concentrado encontrado na carne de frango é o selênio. O selênio é um mineral essencial que funciona como um antioxidante no organismo. O selênio também pode ajudar a aumentar os níveis de antioxidantes no sangue. O Peito de frango oferece cerca de 25% da ingestão diária recomendada de selênio por 100 gramas.

5. Ajuda a promover a saciedade

Enquanto os mecanismos exatos por trás da saciedade aumentada são um tópico de debate, acredita-se que a proteína seja a mais saciante dos três macronutrientes. Como a carne de frango é um alimento tão denso em proteínas, provavelmente desempenha um papel benéfico na melhoria dos níveis de saciedade.

Referências
Chicken Meat 101: Nutrition Facts and Health Benefits: https://www.nutritionadvance.com/chicken-meat-nutrition-benefits/
Nutrition Facts in chicken meat: https://nutritiondata.self.com/facts/poultry-products/730/2
The metabolic burden of creatine synthesis: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21387089
Creatine content in beef: https://books.google.co.uk/books?id=BNA3sYQ38dIC&pg=PA14&lpg=PA14&dq=creatine+content+in+beef&source=bl&ots=MNkoz2g0hP&sig=2wRtId_nLK48lsCI4g15Cd1aGsU&hl=en&sa=X&redir_esc=y#v=onepage&q=creatine%20content%20in%20beef&f=false
International Society of Sports Nutrition position stand: safety and efficacy of creatine supplementation in exercise, sport, and medicine: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5469049/
Carnosine, anserine, creatine, and inosine 5 '-monophosphate contents in breast and thigh meats from 5 lines of Korean native chicken: https://www.researchgate.net/publication/258530528_Carnosine_anserine_creatine_and_inosine_5_'-monophosphate_contents_in_breast_and_thigh_meats_from_5_lines_of_Korean_native_chicken
The macronutrients, appetite and energy intake: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4960974/
Effects of anserine on the renal sympathetic nerve activity and blood pressure in urethane-anesthetized rats: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19537934
B Vitamins and the Brain: Mechanisms, Dose and Efficacy—A Review: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4772032/
Niacin and health: https://ods.od.nih.gov/factsheets/Niacin-HealthProfessional/#h7
High glycine concentration increases collagen synthesis by articular chondrocytes in vitro: acute glycine deficiency could be an important cause of osteoarthritis: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6153947/
Revisiting the role of protein-induced satiation and satiety: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0268005X1630340X
Antiglycation Effects of Carnosine and Other Compounds on the Long-Term Survival of Escherichia coli: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3008226/
Changes in endogenous bioactive compounds of Korean native chicken meat at different ages and during cooking: https://www.researchgate.net/figure/Carnosine-content-mg-100-g-of-the-raw-and-cooked-meat-of-Korean-native-chicken-at_tbl1_262193736

Sobre o autor

Bella Falconi é bacharel em nutrição e mestranda em nutrição aplicada pela Northeastern University, nos Estados Unidos, e life coach. Pioneira do movimento fitness nas redes sociais, Bella também é ex-atleta fitness e ministra palestras motivacionais em vários lugares do mundo, principalmente no Brasil. Atualmente, lidera um time de profissionais renomados em sua plataforma online de coaching nos EUA.

Sobre o blog

Dicas e artigos sobre saúde e bem-estar, com foco no equilíbrio e nas realizações pessoais. A ideia central do blog é motivar e também desmistificar diversos assuntos sobre alimentação saudável.