menu
Topo
Blog da Bella Falconi

Blog da Bella Falconi

Categorias

Histórico

Cinco dicas de alimentação para perder peso sem perder os amigos

Bella Falconi

20/07/2018 04h00

Quando começam a fazer dieta, muitas pessoas acabam se afastando das "sociais" com amigos para evitar cair na tentação e comer algo que não deveria. Mas será que para ter uma alimentação mais saudável é preciso abrir mão totalmente da vida social?

O conceito da chamada dieta social, que é parte do campo de estudo da nutrição funcional, tem o propósito de adequar a vida social das pessoas com a reeducação alimentar e hábitos mais saudáveis, para que as pessoas percam peso e tenham melhor saúde, sem perder os amigos.

Na nutrição holística e ortomolecular, defende-se a tese de que não precisamos sacrificar toda a nossa vida social, muito menos sofrer, para manter uma alimentação balanceada e dentro das dietas. Apesar de entender as dificuldades iniciais desse processo, separei cinco dicas para fazer a dieta social da melhor forma:

1 – Adote um estilo de vida saudável Para ser saudável não é preciso comer apenas alimentos plantados no seu quintal (apesar de isso ser muito importante). Para adquirir hábitos de vida e alimentação mais saudáveis, você precisa ter seu físico e sua mente equilibrados. Mente sã, corpo são.

2 – A "dieta" não deve ser uma fase O pavor de certos alimentos gera ansiedade e frustração. Em vez de adotar uma dieta para uma fase, adote hábitos alimentares saudáveis, e não espere por resultados imediatos. Tenha um estilo de vida, sem prazos loucos e metas opressivas. Em vez de dieta, opte por uma reeducação alimentar e por um estilo de vida menos estressante, menos opressivo, e mais pleno, que contemple boas escolhas nutricionais, exercícios, e menos pressão.

3 – Saiba dosar as quantidades Comer antes de ir encontrar os amigos pode ajudar, pois você chegará com menos fome e conseguirá dosar melhor as quantidades que irá consumir. Chegar com muita fome pode levar você a excessos desnecessários. Antes de sair de casa, faça uma refeição nutritiva composta por uma fonte de carboidrato integral, uma fonte de proteína boa (carnes magras, peixe, frango, ou ainda proteínas vegetais) e uma fonte de gordura (azeite, pasta de amendoim, castanhas). Que tal pão integral feito em casa com um queijo light cremoso e frango desfiado? Ou iogurte natural com granola e castanhas picadas por cima?

4- Respeite e compreenda o seu corpo Nós vivemos na correria e deixamos muita coisa passar despercebida. Uma dessas "coisas" é nossa saciedade. Nós comemos sem pensar! Mesmo quando estão cheias e "estufadas", as pessoas não param de comer, simplesmente por não sentirem o próprio corpo. Em sua próxima refeição, tente parar e sentir o sabor dos alimentos, mastigando os bem. Não espere sentir a barriga "estufar" para parar de comer.

5 – Coma com a consciência e não com os olhos O "comer com consciência" é algo que você desenvolve com o tempo. É mais ou menos assim: à noite tenho uma festa pra ir e vou comer bem. Então, hoje vou pegar mais leve no almoço e farei alguma atividade física. Pronto! O que não pode é comer e depois sentir culpa.

Sobre o autor

Bella Falconi é bacharel em nutrição e mestranda em nutrição aplicada pela Northeastern University, nos Estados Unidos, e life coach. Pioneira do movimento fitness nas redes sociais, Bella também é ex-atleta fitness e ministra palestras motivacionais em vários lugares do mundo, principalmente no Brasil. Atualmente, lidera um time de profissionais renomados em sua plataforma online de coaching nos EUA.

Sobre o blog

Dicas e artigos sobre saúde e bem-estar, com foco no equilíbrio e nas realizações pessoais. A ideia central do blog é motivar e também desmistificar diversos assuntos sobre alimentação saudável.