menu
Topo
Blog da Bella Falconi

Blog da Bella Falconi

Categorias

Histórico

Por que há tanto preconceito e medo do whey protein?

Bella Falconi

11/05/2018 04h00

O marketing de suplementos, de uma forma geral, é atrelado a atletas com físicos superdefinidos e muitas vezes musculosos. Mas o que a maioria das pessoas não sabe é que whey protein não foi criado para o consumo apenas de atletas ou pessoas que buscam a hipertrofia.

O whey nada mais é do que a proteína do soro do leite e esse suplemento tão popular foi "criado" há muitos anos, não é novidade dos nossos tempos.

No universo da academia ele é bastante usado para auxiliar na recuperação muscular e no ganho de massa. Ele também é um aliado daqueles que querem perder peso, pois funciona como um lanche saudável de baixa caloria.

Benefícios que vão além da academia:

  • Propriedades anticancerígenas;
  • Capacidade de reduzir os níveis de LDL (colesterol ruim);
  • Redução de pressão arterial em pacientes com hipertensão, o que previne, consequentemente, doenças cardiovasculares;
  • Reduz a perda de peso excessiva em pacientes com doenças como a Aids;
  • Melhora o sistema imunológico.

Vale ressaltar, contudo, que o excesso de whey pode causar desconforto intestinal e, caso o indivíduo seja alérgico ao leite, o ideal é não consumir. Mas a boa notícia é que existem alternativas para o whey derivado do leite, como o de soja e de arroz, que são 100% vegetais, ou o whey de carne bovina, que pode ser uma opção também para quem não é vegano, porém é alérgico ou intolerante ao leite.

Tipos de whey protein:

  • Whey concentrado: é composto pela proteína intacta e sua digestão é mais lenta. Contém lactose e traços de gordura.
  • Whey isolado: livre de lactose e gordura e possui absorção mais rápida.
  • Whey hidrolisado: a proteína sofre um processo no qual é quebrada em partículas pequenas e, portanto, a disponibilidade e absorção dos aminoácidos é mais eficiente.
  • Blends: mistura de dois tipos de whey, como isolado e hidrolisado, por exemplo.

A versão hidrolisada pode ser uma boa opção para intolerantes à lactose. Contudo, você deve sempre consultar o seu nutricionista para entender qual tipo de whey é mais indicado para o seu caso. Eu adoro e uso, mesmo na gravidez (com autorização médica).

Sobre o autor

Bella Falconi é bacharel em nutrição e mestranda em nutrição aplicada pela Northeastern University, nos Estados Unidos, e life coach. Pioneira do movimento fitness nas redes sociais, Bella também é ex-atleta fitness e ministra palestras motivacionais em vários lugares do mundo, principalmente no Brasil. Atualmente, lidera um time de profissionais renomados em sua plataforma online de coaching nos EUA.

Sobre o blog

Dicas e artigos sobre saúde e bem-estar, com foco no equilíbrio e nas realizações pessoais. A ideia central do blog é motivar e também desmistificar diversos assuntos sobre alimentação saudável.