menu
Topo
Blog da Bella Falconi

Blog da Bella Falconi

Categorias

Histórico

Você sabia? Fotos de alimentos podem prejudicar a sua dieta

Bella Falconi

09/02/2018 04h00

 

(Crédito: iStock)

Você sabia que o nosso cérebro utiliza, aproximadamente, 20% do nosso fluxo de sangue? Pasme: o fluxo de sangue no cérebro fica altíssimo quando estamos com fome e somos expostos a imagens de comidas. Aromas de comida fazem com que o fluxo sanguíneo aumente ainda mais (imagina o cheiro da picanha na churrasqueira ou do feijão que acabou de ser refogado com alho hmmmm).

No exato momento em que olhamos fotos de alimentos ou sentimos cheiros diferentes de comida pela casa, nosso cérebro percebe o quanto gostamos daquela comida. A nossa boca começa a salivar, o estômago já se preparar para receber a comida que está por vir e, se isso pode acontecer apenas ao ler receitas saborosas, quem dirá vendo fotos ou sentir cheiros.

Uma pesquisa apontou que, com relação a respostas do nosso cérebro a imagens de alimentos saborosos ou extremamente desejáveis, há uma ativação generalizada de uma série de áreas do cérebro, incluindo as áreas de gosto e recompensa. A amplitude desse aumento na atividade cerebral, além da conectividade aprimorada entre as áreas do cérebro, normalmente depende: do tamanho da fome do espectador, se ele está ou não fazendo dieta (mais restritiva) ou se é obeso.

Com isso, enredemos duas coisas: o porquê de comermos com os olhos e por que os restaurantes investem tanto em propagandas com fotos suculentas de pratos. Em 2015, o assunto "comida" foi o segundo mais pesquisado nas ferramentas de busca da internet. A quantidade de programas de reality envolvendo comida, como "MasterChef", tem ganhado cada vez mais audiência, assim como fotos de pratos de comida têm se tornado cada vez mais populares nas redes sociais. A comida se tornou um grande entretenimento!

O nosso cérebro foi programado a encontrar fontes de alimentos nutritivos em ambientes escassos, em prol da nossa sobrevivência. Contudo e infelizmente, estamos cercados por mais imagens de junk-foods do que de alimentos saudáveis. Embora pareça bobeira, devemos estar sempre preocupados com as conseqüências que essa exposição exacerbada causa a nossa saúde, pois isso acaba por nos encorajar a comer mais do que precisamos.

Dica: se você é do tipo que não consegue se controlar, não siga páginas na rede social que te desperte hábitos não saudáveis, pois isso irá acontecer mesmo que inconscientemente. Não vá ao supermercado com fome. Forre sempre o estômago com algo saudável antes de ir a festas ou eventos onde somente haverá comidas não saudáveis. O problema não é comer, se você souber controlar a porção; o problema é o exagero.

Viver com equilíbrio nem sempre é uma decisão fácil, pois o nosso cérebro nos prega peças. Muitas vezes, tentamos assumir o controle da situação e acabamos exagerando, mesmo que sem fome –por pura gula. Mas agora que você já sabe o tamanho da influência de fotos, aromas, dentre outros fatores em seu cérebro, aja de forma mais consciente e lembre-se: demora cerca de 20 minutos para o nosso cérebro entender que já estamos satisfeitos. Seja sábio e não faça hora na mesa, principalmente se estiver de dieta! No mais, viva com equilíbrio e se permita comer junk-food de vez em quando.

Referências:

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1053811903007675

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/dev.20099/full

https://academic.oup.com/scan/article/9/7/932/1631787

https://www.nature.com/articles/ijo2013114
[8:32 PM, 2/7/2018] Bella: https://faculty.washington.edu/chudler/vessel.html

Sobre o autor

Bella Falconi é bacharel em nutrição e mestranda em nutrição aplicada pela Northeastern University, nos Estados Unidos, e life coach. Pioneira do movimento fitness nas redes sociais, Bella também é ex-atleta fitness e ministra palestras motivacionais em vários lugares do mundo, principalmente no Brasil. Atualmente, lidera um time de profissionais renomados em sua plataforma online de coaching nos EUA.

Sobre o blog

Dicas e artigos sobre saúde e bem-estar, com foco no equilíbrio e nas realizações pessoais. A ideia central do blog é motivar e também desmistificar diversos assuntos sobre alimentação saudável.